quarta-feira, 16 de abril de 2014

Amor e Medo

1 João 4:18
No amor não há medo;
ao contrário o perfeito amor expulsa o medo,
porque o medo supõe castigo.
Aquele que tem medo não está aperfeiçoado no amor.

Do que você tem medo?
Porque você tem medo?
Quais os limites que o medo impõe em nossa vida?

Todos sofremos em algum momento da vida.
Ninguem gosta de sofrimento, de dor, física ou emocional.
Mas todos tivemos ou estamos passando por momentos que nos colocam para baixo, que nos dão algum medo de alguma coisa.

Diante de qualquer situação da vida como o "Sofrimento" sempre podemos ter 5 atitudes:

1) irrelevancia
geralmente ignoramos os pequenos sofrimentos, um escorregão, uma gripe, um machucadinho, um constrangimento, uma raladinha no carro...

2) aprendizado
Por menor que seja, sempre podemos aprender alguma com qualquer situação ruim que nos ocorre, a fim de sermos mais cuidadosos, com a saúde, com nossos bens, com o que falamos, para assim evitar e ajudar a outros evitarem estes pequenos deslizes da vida.

3) trauma
Mas infelizmente desenvolvemos traumas, um medo que nos impede totalmente de errar denovo.
Por causa de acidentes nunca mais dirigir.
Por causa de traições, nunca mais se relacionar.
Por causa de falsidade, nunca mais confiar.
Por causa de humilhação, nunca se expor.
Por causa de uma perda, viver com medo de outras perda.
Trauma nos travam no passado, não permite vivemos novas oportunidades.

4) devolução
tudo que ocorre conosco é de nossa responsabilidade, mas para aliviar nossa culpa podemos sempre tentar culpar alguém, e ter como propósito de vida colocar pesos sobre a vida de outros.
No trânsito a culpa é sempre do outro carro, e não de nossa que saímos atrasado correndo.
Se piso e quebro um brinquedo, a culpa é da criança que deixou jogado, e vai levar bronca por isso.
expor quem me expoz.
criticar quem me criticou.
devolver tudo na mesma moeda.
fazer a justiça doa a quem doer
vingar-se

5) misericórdia
é após ter sofrido e aprendido, ir consolar e ajudar outros que estão passando por algo que você já passou.

O fato é que sempre precisamos de ajuda, primeiramente de Deus, e de quem Deus pois em nossas vidas para nos ajudar, mas a auto piedade e o orgulho também nos atrapalham para vencermos o medo:

Mateus 7:3
Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho?
Precisamos aceitar ajuda e não só ficar reparando nos pecados dos outros.

João 8:7
... Se algum de vocês estiver sem pecado, seja o primeiro a atirar pedra nela.
Afinal todo temos pecados e coisas a mudarmos.

Não podemos viver com medo.
O medo gera insegurança e muitas preocupações irreais.
Viver a sombra de fantasmas do passado não é nada saudável.

A Cura para qualquer medo é o amor!
O amor nos dá segurança.
O amor é o combustível da vida como Paulo disse em 1°Co 13

Mas o amor não pude ser apenas uma idéia, um sentimento ou só palavras, deve ser atos, deve ser ações claras e sinceras.