domingo, 23 de setembro de 2018

O santo remédio

Todos já fomos comparados.
Todos comparamos.
Comparações envolvem poses, corpo, grupo, conhecimento, e até espíritos.
E nós também nos comparamos.
E tendemos a nós comparar com quem nos achamos melhor, para alimentar nosso orgulho e ego.

e ele respondeu assim: — Atenda o pedido do povo. Não é só você que eles rejeitaram; eles rejeitaram a mim como Rei. Desde que eu os trouxe do Egito, eles sempre me têm abandonado e têm adorado outros deuses. Agora estão fazendo com você o que sempre fizeram comigo.
1Samuel 8:7‭-‬8 NTLH

O povo estava olhando muito para o lado.
A questão não é perder a confiança nas pessoas,... Mas perder a confiança em Deus, e querer construir confiança em outras coisas.

Comparações nos trazem culpa.
Criam julgamentos.

Porém, como dizem as Escrituras Sagradas : “O que ninguém nunca viu nem ouviu, e o que jamais alguém pensou que podia acontecer, foi isso o que Deus preparou para aqueles que o amam.”
1Coríntios 2:9 NTLH

Pois foi Deus quem nos fez o que somos agora; em nossa união com Cristo Jesus, ele nos criou para que fizéssemos as boas obras que ele já havia preparado para nós.
Efésios 2:10 NTLH

Reclamar é fruto de comparação
Deus fez cada um de uma forma e tem seu plano para cada um.

— Dois homens foram ao Templo para orar. Um era fariseu , e o outro, cobrador de impostos.  O fariseu ficou de pé e orou sozinho, assim: “Ó Deus, eu te agradeço porque não sou avarento, nem desonesto, nem imoral como as outras pessoas. Agradeço-te também porque não sou como este cobrador de impostos.  Jejuo duas vezes por semana e te dou a décima parte de tudo o que ganho.”   — Mas o cobrador de impostos ficou de longe e nem levantava o rosto para o céu. Batia no peito e dizia: “Ó Deus, tem pena de mim, pois sou pecador!”
Lucas 18:10‭-‬13 NTLH

As vitórias não são méritos apenas nosso.
É Deus que permite, então porque nós comparamos, invejamos e reclamamos.
Perdemos a compaixão se vivermos comprando uns com os outros.

Orgulho, arrogância, inveja, tudo isso está ligado a comparações.

Pois, onde há inveja e egoísmo, há também confusão e todo tipo de coisas más.
Tiago 3:16 NTLH

Tenham por todos o mesmo cuidado. Não sejam orgulhosos, mas aceitem serviços humildes. Que nenhum de vocês fique pensando que é sábio!
Romanos 12:16 NTLH

Desse modo não existe divisão no corpo, mas todas as suas partes têm o mesmo interesse umas pelas outras. Se uma parte do corpo sofre, todas as outras sofrem com ela. Se uma é elogiada, todas as outras se alegram com ela.
1Coríntios 12:25‭-‬26 NTLH

Eis o santo remédio:

Tenham sempre alegria, unidos com o Senhor! Repito: tenham alegria!  Sejam amáveis com todos. O Senhor virá logo. Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido. E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus.
Filipenses 4:4‭-‬7 NTLH

Gratidão é o remédio de Deus para muitas coisas.

Gratidão é como um músculo.
Quando mais somos gratos, mais fácil é de ser grato.

domingo, 16 de setembro de 2018

Workhaloic

Trabalhador compulsivo ou workaholic é uma pessoa que trabalha compulsivamente.[1]Enquanto que o termo geralmente implica uma pessoa que gosta de seu trabalho, ele também pode implicar que ela simplesmente se sente obrigada a fazê-lo. Não há definição médica universalmente aceita desta como uma condição, apesar de que algumas formas de estressetranstorno de controle de impulso e transtorno obsessivo-compulsivopodem ser relacionadas a trabalho.


As pessoas viciadas em trabalho sempre existiram, no entanto, esta última décadaacentuou sua existência motivada pela alta competitividade, vaidadeganância, necessidade de sobrevivência ou ainda alguma necessidade pessoal de provar algo a alguém ou a si mesmo.

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Trabalhador_compulsivo

Somente um homem muito tolo, tão tolo, que nem consegue encontrar o caminho de casa, se esgota de tanto trabalhar.
Eclesiastes 10:15 NTLH

Precisamos trabalhar, nos sustentar, prosperar, mas a questão é a qual custo?
Também devemos refletir sobre o que nós é mais importante, o que nos dá real prazer, satisfação, alegria, felicidade...

Nossa alegria, paz, amor vem de Deus?
Vem de estarmos unidos, satisfeito, gratos com nossa família, cônjuge, filhos?
Vivemos para que?
O trabalho é um meio para levarmos recursos financeiros a nossas vidas pessoais, ou seja, nossa carreira não é um fim, mais um meio pelo qual patrocinamos nossa vida.

Mas a pessoas que só trabalham, querendo crescer cada vez mais, muitas vezes estão ou fugindo de problemas pessoais, ou até esquecerem de construir sua família, fé, por achar difícil, ou por traumas.

domingo, 2 de setembro de 2018

Marta e Maria

Lectus Divino
Lucas 10

Jesus disse que Maria escolheu o essencial.
Marta estava preocupada, atarefada com os detalhes dá vida, preocupada com o que não é essencial.

Deus deve ser o essencial.
Todo restante é detalhe.

Quanto tempo estamos gastando com o que é de fato essencial?

Estudar, trabalhar, família, etc...
São detalhes, mas não é o essencial.
Pessoas vão em bora, crescem se casam, morrem, trabalhos mudam, locais mudam, tudo de material muda, mas Deus é eterno