quinta-feira, 28 de março de 2019

Autoridade

Em Lucas, capítulo 6 é um resumão do sermão do Monte em Mateus 5-6

Em seguida Jesus conta essa parábola de Lucas 7:1-10, e mostra sua autoridade, por meio da fé de um oficial!

Jesus ficou muito admirado quando ouviu isso. Então virou-se e disse para a multidão que o seguia:  — Eu afirmo a vocês que nunca vi tanta fé, nem mesmo entre o povo de Israel!
Lucas 7:9 NTLH

Pense em qualquer relação de autoridade!

Há sempre 3 agentes principais:
Uma ordem, uma obediência, e um objetivo!

Em uma guerra um todos soldados tem que ter o mesmo objetivo, se não todos vão morrer.

Assim também acontece em vários outros lugares, escola, trabalho e família!

Mas Jesus conhecia os pensamentos deles e disse:  — O país que se divide em grupos que lutam entre si certamente será destruído. E a cidade ou a família que se divide em grupos que lutam entre si também será destruída.   — Quem não é a meu favor é contra mim; e quem não me ajuda a ajuntar está espalhando.
Mateus 12:25‭, ‬30 NTLH

Quais são os objetivos da sua família?
Quais são os objetivos do casal, os filhos?
Pais, filhos, cônjuges, precisam estar alinhados com relação seus objetivos, de forma clara e coerente!

O pai deve ser coerente com a mãe e vice versa, e o mesmo com os filhos.

Todos temos vontades, e sonhos individuais, necessidades, e precisamos suprir, expressar isso, para não gerar expectativas e frustrações.

Sim, sim, não, não...
Temos que cumprir o combinado, os planos!

Deus definiu a liderança, ao homem, independe se ele é bom ou mal, é a vontade de Deus.

Obedeçam às autoridades, todos vocês. Pois nenhuma autoridade existe sem a permissão de Deus, e as que existem foram colocadas nos seus lugares por ele. Assim quem se revolta contra as autoridades está se revoltando contra o que Deus ordenou, e os que agem desse modo serão condenados.
Romanos 13:1‭-‬2 NTLH

Insubmissão, e rebeldia não é a vontade de Deus, e só gera divisão, destruindo tudo!

quarta-feira, 27 de março de 2019

Planos

Por um lado ...

A pessoa sensata vê o perigo e se esconde, mas a insensata vai em frente e acaba mal.
Provérbios 27:12 NTLH

Precisamos ter noção da vida, objetivos, sonhar, planejar, resolver nossos problemas e viver.

Mas por outro...

Não conte vantagem a respeito dos seus planos para o futuro, pois você não sabe o que vai acontecer amanhã.  Ninguém elogie a si mesmo; se houver elogios, que venham dos outros.  A pessoa sensata vê o perigo e se esconde, mas a insensata vai em frente e acaba mal.
Provérbios 27:1‭-‬2‭, ‬12 NTLH

Mas a grande verdade é que nunca estaremos satisfeitos...

Os desejos das pessoas são como o mundo dos mortos : sempre há lugar para mais um.
Provérbios 27:20 NTLH

Portanto temos que sempre procurar fazer nosso melhor!

Cuide bem da sua figueira e você terá figos para comer; trate bem o seu patrão e você será recompensado.
Provérbios 27:18 NTLH

Todo exemplo de vida é válido!
O bom ou o mal!

As pessoas aprendem umas com as outras, assim como o ferro afia o próprio ferro.
Provérbios 27:17 NTLH

sexta-feira, 22 de março de 2019

A terceira vontade

A maldade vai se espalhar tanto, que o amor de muitos esfriará;
Mateus 24:12 NTLH

Quanto tempo temos de vida?
Quanto tempo levou para nós convertermos?
Por quantos anos andamos na fé?
Por quanto realmente queremos andar na fé?
Afinal...

Infelizmente, com o tempo na fé, vejo muita gente caindo, se desviando...

Isso me gera muito temor, me faz lembrar de muitas escrituras...

A salvação exige fidelidade até o fim.

Recentemente soube de alguém próximo a mim, casado, que sempre admirei, caiu no pecado de Davi, no adultério!

Minha cabeça travou!
Tentando entender o que na verdade é óbvio, e que por diversos tabus espirituais, ninguém fala, pois acha que apenas falar sobre já é pecado, é constrangedor... O sexo, ainda hoje, mesmo para casais, ainda é visto como um pecado necessário, ou algo que causa algum constrangimento...

Mas olhando ao redor, para fora da igreja o que vemos???

Jovens, crianças, se iniciando sexualmente cada vez mais cedo, sem medo ou vergonha de falar sobre.

Adultos tendo inúmeros relacionamentos, até se decidir se casar, mesmo que por um tempo, apenas por tradição, ou por posse, ou sonho da mulher geralmente.

Cada vez mais sexo, menos filhos, menos responsabilidade, a indústria do sexo, dos anticoncepcional, a cultura da libertinagem sendo cada vez mais aceita, o homosexual.

Temos que aceitar o fato da terceira vontade!

Primeiro, sentimos fome e precisamos comer diariamente!

Segundo, precisamos expelir o que nosso corpo não quer, ir ao banheiro é básico!

Input e output, faz parte de qualquer sistema orgânico!!!

Mas já uma terceira vontade, oculta, negligência, escondida, proibida, culturalmente e religiosamente cheias de tabu, e que Deus para suprir e controlar essa necessidade deu o casamento, e os filhos....

O homem por natureza, por instinto animal tem mais vontade, e para que isso seja suprido o homem precisa se submeter, aprender a ser humilde, carinhoso, e conquistar para que sua necessidade seja suprida!

E essa é a regra básica da vida!
Só buscamos o que nos falta!
Vamos em busca, do que precisamos!
A fome motiva o trabalhador!
O desejo sexual, se disfarça de inúmeros nomes, de amor, de romantismo, de amizade, não importa, no fundo, no escuro, as células só querem expelir, nosso sangue, não tem sentimento, nosso órgãos não tem fé, nosso corpo não tem compreensão de nada...

Quem somos, o que cremos, o que queremos, tudo está em nossas cabeças, sendo manipuladas pela nossa química, pelos hormônios, pelas vontades.

Quando vejo o corpo, o mundo, a vida, sem nenhuma perspectiva espiritual, é só isso que vejo: homosapiens, uma raça animal em busca de comida e procriação... Pelo menos era para ser só isso...

Mas com o conhecimento do bem e do mal, ganhamos a consciência e o livre arbítrio, e conquistamos muito conhecimento, tecnologia, mas não temos nenhum controle sobre nossos corpos!

Assim não negligêncie suas vontades humanas, pois por mais firme, forte, espiritual, não importando a idade, no desespero da fome sexual, pecamos em pensamento, em cobiça, em desejos, e logo aos poucos, sutilmente, vamos abrindo a porta para o que pregamos contra por tanto anos que não agrada a Deus, no despero, na auto defesa, nos matamos espiritualmente, destruímos tudo em busca do saciamento sexual alimentado por paixões sem sentido.

Mas por outro lado há o amor, o carinho, o zelo, o companheirismo, a amizade, que é como o arroz e feijão, é todo dia, toda hora, que nos supre, que nos faz esquecer as necessidades sexuais, que nos tranquilizam, dão segurança, paz, mas nunca, irão substituir outra necessidade real, por isso que é possível ter amizades e namoros puros, mas temos que ser consciente que é necessário casar.

sexta-feira, 15 de março de 2019

O poder do perdão

Qual a coisa mais difícil que vive já perdoou e porque

Mateus 18:23-35

O que significa a palavra perdoar usado por Jesus, na Bíblia

Remir , cancelar a dívida

Mateus 6:14-15

Mateus 6:12

O perdão flui no sentido contrário de tudo!
O natural, é a vingança, o trauma, a amargura.

O perdão liberta primeiramente quem perdoa, e depois quem agrediu.

Só perdoamos não teremos raiva, mágoas, traumas...

O pecado dos outros não pode nos dominar, por isso que o perdão é tão importante!

Mas antes de tudo o perdão diz a Deus que você entende que todos são pecadores e divinos de amor e perdão

É a falta de perdão que danifica qualquer relacionamento

Por isso que Jesus disse que para Deus nos perdoar precisamos perdoar outros quantas vezes for necessário

Baseado nos estudos JMR

quinta-feira, 7 de março de 2019

Tolerância

Acho que passei do nível saudável de tolerância.

Viver em paz, ter paciência, evitar conflitos, ser um pacificador, facilitador, burocrata, embaixador, político... parece ser algo bom!

Sempre tive facilidade de ser amigo de inimigos, de estar calmo em meio a tempestades, e eu achava que até era espiritualidade, auto controle, domínio próprio, mas hoje vejo que é uma falta de limites, falta de colocar tolerâncias em minha vida!

Na real, percebo hoje que tolero muito mais coisas que deveria, e dou desculpas para algumas, afinal: "se não há solução, solucionado está", costumo dizer isso para aceitar um problema ao meu redor, em vez de me incomodar com ele, e buscar resolver, e assim vou acumulando problemas, e me cansando, me frustrando, e errando...

Pessoas me julgam, condenam, gritam, ofendem, me desrespeitam, criticam, e o que faço? Aceito? Tento melhorar externamente? Nem me defendo afinal, tenho que ser humilde, e aceitar minhas falhas?

Mas será mesmo que são as minhas falhas? Ou apenas projetadas sobre mim? culpas de outros que são transferidas a mim?

Se você vê uma tábua com um prego virado para cima o que você faz?

Apenas desvia, ou pula?
Pisa e se lamenta do azar?
Tira do caminho para que você e outros não se machuquem.
Tira e fica falando mal de quem fez isso.
Tira e procura o responsável para concientiza-lo.
Não tira e busca o culpado para brigar.

Então para cada problema há uma infinidade de opções, de soluções, e não soluções, atitudes que resolvem definitivamente, ou que pioram totalmente! Posicionamentos que são altruísta, que levam em consideração o próximo, outros ao nosso redor, conhecidos ou desconhecidos, respeitando, gerando gratidão, gerando amizades, consideração.

Mas é preciso dizer a palavra mais poderosa do universo, a primeira que aprendemos a interpretar, e mesmo sem entender o porquê, mas por respeito e amor aceitamos!!! NÃO!!!

Agora entendo que quando alguém não aceita meu "NÃO", pode ser significa que:

* Que não entendi nada
* Que a pessoa não entendeu
* Que a pessoa está impondo seus limites e tenho que respeitar o não do outro também
* Que a pessoa não me respeita ou aceita minhas opiniões e prefere qualquer outra ao invés da minha

Em fim como lidar com a não aceitação do seu "não", de imprimir seus limites, suas ideias, seus valores!

No fundo, é mais fácil tolerar, se anular, em uma situação, do que se comunicar exaustivamente, por horas, quantas forem necessárias, até se esgotar a saliva, o tempo, as possibilidades de resolução de problemas.

Afinal podemos enfrentar nossos conflitos e vencer alguns, ou viver ignorando todos, e viver nas derrotas