sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Desligando o piloto automático

Pegue uma esponja
Aperte o que daí dela?
Depende, lógico, o que ela absorveu?

Como limpamos uma esponja?
Com muita água!
Há desperdício de água?
A água sai suja?

Depois de limpa a esponja, se a deixarmos, por um tempo ao ar o que acontece com toda água dentro dela?
Vai secando, aos poucos...

A pessoa boa tira o bem do depósito de coisas boas que tem no seu coração. E a pessoa má tira o mal do seu depósito de coisas más. Pois a boca fala do que o coração está cheio.
Lucas 6:45 NTLH

O que há em nossos corações?
O que temos absorvido na vida?
Quando mais maldade, companhia tóxicas, problemas passamos, mais precisamos de Deus para continuamente limparmos nossos corações.

Quando a vida nos aperta o que sai de nossas bocas?
Bondade, esperança, misericórdia, amor?
Ou violência, gritaria, palavrão, maldições?

Pois, onde há inveja e egoísmo, há também confusão e todo tipo de coisas más. A sabedoria que vem do céu é antes de tudo pura; e é também pacífica, bondosa e amigável. Ela é cheia de misericórdia, produz uma colheita de boas ações, não trata os outros pela sua aparência e é livre de fingimento. Pois a bondade é a colheita produzida pelas sementes que foram plantadas pelos que trabalham em favor da paz.
Tiago 3:16‭-‬18 NTLH

Mas como podemos absorver mais?

A palavra de Deus tem que entrar, tem que mudar nossas vidas, atitudes, pensamentos, e ações.

Temos que ser praticantes, não ouvintes teóricos!

Por exemplo, aprendemos sobre como ter mais folga nos cultos, quem preencheu e tem quem de escrito, planos e já está fazendo ações para ter mais folga, no tempo, mas finanças, nos relacionamentos, na vida...

Aprendemos recentemente sobre os 7 segredos do amor, quem fez as atividades propostas, e já está tendo atitudes de mais amor?

Lemos livros, vamos aos cultos e bate papos, tempos de discipulado, retiros, palestras, mas o quanto absorvemos? O quanto tomamos decisões e transformamos em atitudes?

Precisamos de folga para refletir, para absorver, meditar, planejar, e realizar, a vida corrida não nós deixa absorver a mensagem de Deus.

Quando você tiver folga, você vai pensar: o que eu faço? Olha sobrou dinheiro! E aí você terá que pensar, fazer, tomar decisões, que não te tirem a folga.

Vivemos no automático, sem pensar, só fazendo atividades, compromissos, consumindo, trabalhando, procriando, como engrenagens em um sistema...

Na música Admiravel chip novo, Pitty mostra que no fundo vivemos como robôs em um sistema caótico, e nós achamos vivos!?

Com folga, teremos tempo e dinheiro para organizar a vida, as bagunças que acumulamos, que absorvemos, poderemos investir tempo e dinheiro em novas experiências, viagens para curtir de verdade, e não apenas tentar registrar digitalmente, pois as preocupações nós fazem estar com a mente em um lugar diferente de nossos corpos.

Precisamos conversar mais, sentir mais, amar mais, desconectar do mundo virtual e viver, e amar de verdade, ter experiências reais, ser protagonistas da nossas vidas, e não apenas ficar assistindo tantos filmes, séries, ou gastando tempo com jogos, ou só trabalhando vivendo para ter, e deixando de ser o que Deus quer que sejamos, luz, sal, sabor, a imagem de Deus, como Jesus foi.

Este pensamento é uma continuação desse outro:
https://lifeandroid.blogspot.com/2019/09/faca-e-fale.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário