segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

A importância do Nada

O que você faz quando não tem nada para fazer?
O que você quer fazer quando não tem nada para fazer?
Onde você fica mais tempo sem fazer nada?
Afinal se você ficou sem fazer nada, e começou a fazer algo para não fazer nada, então você não está fazendo nada.

A questão na verdade é: "com o que ocupamos a mente", o cérebro está sempre pensando em algo, a questão é identificar a utilidade do que estamos fazendo.

Tudo requer pensar!
Até mesmo quando estamos contemplando uma paisagem estamos pensando...
Quando estamos vendo um filme ou qualquer coisa para relaxar também estamos pensando, acompanhando a lógica do filme, da novela, do desenho...
Até mesmo quando estamos parados dentro de um ônibus, trem, metro ou taxi,estamos assistindo por onde passamos, relembrando, ou planejando i que faremos quando chegar.

Na verdade quando estamos fazendo uma coisa que não é importante, um entretenimento, uma distração, chamamos isso de nada.

Estamos sempre pensando em algo, na verdade nunca estamos sem fazer nada de fato, a menos que estejamos mortos como Salomão diz:

Eclesiástes 9:5-6
Pois os vivos sabem que morrerão, mas os mortos nada sabem; para eles não haverá mais recompensa, e já não se tem lembrança deles. Para eles o amor, o ódio e a inveja há muito desapareceram; nunca mais terão parte em nada do que acontece debaixo do sol.

O livro de Eclesiástes é o que mais fala sobre o "nada" com o sentido extremo de que nada de importância das coisas que fazemos faz algum sentido.

Eclesiástes 12:8.
“Tudo sem sentido! Sem sentido!”, diz o mestre. “Nada faz sentido! Nada faz sentido!”

Mas o seu tudo pode ser nada para alguém.
Mesmo com tudo o que você faz, você pode ser sentir vazio como se não tivesse nada.
Se não temos um sentido pelo qual fazemos as coisas pelo qual vivemos, tudo se torna vazio, tedioso, como se não fosse nada, como se nada valesse a pena.
Para muitos o "Nada" se torna até maior que o "Tudo", principalmente quando mais nada faz sentido, depressivos até se suicidam para abraçar o "nada completo e eterno" que é maior que tudo desta vida sem sentido!

Assim o verdadeiro segredo da vida é dar sentido as coisas que fazemos, até para as coisas sem importância.

Não e pecado e nem vazio, passear, ver um filme, fazer exercidos, curtir a vida... mas só viver se distraindo, se divertindo, sendo ocioso, preguiçoso o tempo todo aí não dá.

Infelizmente cada vez mais vemos pessoas que vivem em função do que deveria ser distração... pessoas que são viciadas pela TV, Youtube, Facebook, Vídeo Game, Academia, Corpo, em fim...

Isso é uma inversão de valores.
Precisamos dar valor às coisas certas em seu tempo certo.

Precisamos nos divertir com responsabilidade!
Todos precisamos trabalhar, estudar, manter nosso canto arrumado, e principalmente nossa mente limpa de ociosidade e distração... para poder pensar e se concentrar mais no que é importante.

Desligue seu celular, desconecte a Internet, desligue a TV, desligue o som, pare de correr, sente, respire, pense, reflita, lembre, sonhe, planeje, escreva, desenhe, diagrame... e ore... e peça a Deus te direcionar para o que te de sentido, para o que te de valor.