domingo, 15 de maio de 2016

NG - Aula País - 4 a 6 anos

Um dos maiores inimigos da família é a falta de conhecimento.

Meu povo foi destruído por falta de conhecimento. “Uma vez que vocês rejeitaram o conhecimento, eu também os rejeito como meus sacerdotes; uma vez que vocês ignoraram a lei do seu Deus, eu também ignorarei seus filhos.
(Oséias, 4:6)

De 4 a 6 anos
Conhecem o corpo, sem maldade.
É uma fase de muita imaginação.
A família precisa ser um bom exemplo, pois as crianças vão imitar tudo.

Tornem-se meus imitadores, como eu o sou de Cristo.
(1 Coríntios, 11:1)

Nesta idade a criança não tem noção de tempo, então planejamento e agenda, confundem, ou geram ansiedade.
Atividades manuais são importante e devem ser valorizadas.
Precisam receber respeito e atenção.

Um bom casamento, é uma referência de amor e segurança e respeito para a criança.

A mãe é a referencia de amor, sentimento, compreensão, e emoção.
O pai tem o papel de protetor, provedor, segurança, liderança, e autoridade.

Brincar é importante, pois usa a imaginação.
Desenho animado, e meios multimídia digital, não permitem a imaginação trabalhar.

Contar história, sem imagens desenvolve a imaginação, o pensar, o poder construtivo intelectual.

Hoje muitas criançada não sabem brincar, imaginando, devido o excesso de fotografia, vídeo, jogos, e eletrônicos.

Limites devem existir.
O tempo também é um fator de limite.
Os pais devem definir o que acontece na vida das crianças, os horários, atividades, e rotina bem definida.

Tudo tem que ser ensinado, mas sem muitas palavras, ou explicações longas. A criança deve fazer imitando o exemplo e respeito.

Esforce-se para saber bem como suas ovelhas estão, dê cuidadosa atenção aos seus rebanhos,
(Provérbios, 27:23)

As crianças podem ter responsabilidades, simples, bem definidas, sem que se perca a infância, como se fosse uma brincadeira. É bom estimular a criança a ajudar de uma forma simples, da forma que ela consegue.